Era só bodas de ouro

Raul Anselmo Randon nasceu em Tangará, Santa Catarina, em 1929, mas foi em Caxias do Sul que prosperou através da oficina mecânica do pai em 1949 com a ajuda do irmão Hercílio, foco inicial em semirreboques, origem do que hoje é uma das maiores e mais respeitadas empresas no segmento metal mecânica do país, o Grupo Randon com mais de 10 empresas em diversos segmentos. A gastronomia de forma geral sempre foi um prazer na família, o gosto pela boa comida e bebida de qualidade. Raul cita que tudo começa na obrigatoriedade da excelente matéria prima o resultado final é consequência. Exemplos não faltam, um exemplo célebre foi a importação de 65 novilhos em dois aviões fretados rota – Miami/Porto Alegre embrião do que hoje é o exitoso segmento de queijos grana (cura lona) do grupo. A marca RAR Vinhos surgiu após o sucesso do projeto intimista que Raul arquitetou com a Miolo (parceiro de longa data) em produzir um vinho especificamente para a ocasião de Bodas de Ouro com a esposa Nilva, isso em 2006. O sucesso foi enorme e atualmente conta com vinhedos próprios em Vacaria, Campos de Cima da Serra, a uma altitude superior a 1.000 metros. A vinificação fica a cargo da vinícola Miolo, do grupo MWG no qual Randon é sócio.

rar1a

RAR COLLEZIONE, VIOGNIER 2011. Vacaria, Campos de Cima da Serra/RS. Adriano Miolo é o enólogo. Estagio de 12 meses em carvalho francês. A casta Viognier é de difícil cultivo devido a linha tênue entre acidez vibrante e lenta maturação, propiciando desenvolvimento adequado aos atributos da cepa, raro ainda o cultivo em território brasileiro, os 1.000 metros de altitude oportuniza um terroir favorável  aos estágios de cultivo deste varietal. Na taça apresenta amarelo palha transitório para o dourado devido aos 6 anos em garrafa. Textura de untuosidade intermediária que lembra gordura de salmão, contundente aderência ao cristal com lágrimas numerosas e “gordas”. Olfato abre com o carvalho atuante com notas de pâtisserie, amêndoas salteadas e leve cítrico e floral (perfumaria leve). No paladar é firme, untuoso, amanteigado, óleo de peixe em cápsula, salino, os 13º de álcool que no olfato mostra-se bem integrado na boca percebe-se um certo peso sendo obrigatório harmonizá-lo, único senão (ao final o vinho ocasiona muita sede). Acidez equilibrada, bom corpo, muito boa persistência, conjunto afinado com viés de elegância. Excelente harmonização para pratos de peixes gordurosos e queijos de longa cura. Custa na faixa de R$70 ou + dependendo da praça. A linha de produtos RAR sofre muita variação de preço no varejo final. Vinhos com preços divulgados no varejo web do produtor.


AVALIAÇÃO:

4 saca rolha

PREMISSAS:

P2|R4|E5

Conheça nosso Sistema de Avaliação .