Mercado Justo

Jan/17.

A proposta de Gaspar Desurmont jovem agrônomo e viticultor francês, consiste em ser ecologicamente correto, economicamente viável e socialmente justo. Situado na Campanha Gaúcha, Gaspar atraiu e selecionou parcerias locais para desenvolver o projeto Vinhetica. O desejo de investir em novos territórios vinícolas já era um desejo pessoal desde quando estuda enologia na Alemanha. Durante um período de graduação na Embrapa Uva e Vinho em Bento Gonçalves, despertou seu interesse pelo Brasil. Anteriormente, havia feito um plano de negócios na Índia, mas foi logo descartado pela maior imprevisibilidade. Após estudos climatológicos, o município de Dom Pedrito, próximo a fronteira com o Uruguai, foi o escolhido. Em 2014 surgem os primeiros vinhos em solo gaúcho com sotaque francês. A seleção de produtores locais é rigorosa e seletiva, cada produtor tem verdadeiro apego por sua poucas videiras, pequenos hectares: o Arinarnoa de Claudio Eucostelguy; o Cabernet Sauvignon de Anthony Darricarrere; o Teroldego de Pedro Dirceu; o Merlot de Isidoro Evangelho. A vinificação ocorre em parceira com a vinícola Guatambu em Dom Pedrito.

vinhetica2

VINHETICA TERROIR ROSÉ 2016. Dom Pedrito/RS. Na primeira safra o corte era de Teroldego e Merlot. Em 2015 acrescentou-se Syrah. Em 2016 além das três, a Cabernet Franc. A seleção das uvas ocorreu com a colaboração do enólogo uruguaio Javier Gonzales. A prensagem das uvas é feita no método Provençal, por degraus de pressão crescentes para limitar a coloração dos sucos. No visual apresenta linda cor vermelho salmão, bastante sedutora. Textura que lembra um tinto leve, mais denso do que eu imaginava para um rosé de verão. Pouca aderência a taça, com lágrima ligeiras. Olfato de frutas vermelhas bem frescas, tutti-frutti, e acerola. No paladar é vibrante acidez, seco, menos descontraído na primeira “pegada” quanto aparentava no olfato, reforça o tutti-frutti e a acerola. Bastante didático, equilibrado para leve e absurdamente refrescante. Excelente drinkability com álcool em 12,7º um dedinho a mais. Harmoniza brilhantemente com Sashimi limpando a gordura natural do peixe mais estruturado. Havia provado a primeira versão de 2014 em uma Pizzaria, acabei não registrando a degustação na ocasião, mas lembro de surpreender-me. Repetiu o efeito. Custa na faixa R$60.


AVALIAÇÃO:

3 saca rolha

PREMISSAS:

P2|R3|E3

Conheça nosso Sistema de Avaliação .