Sobre

Tchêrroir, surge da aglutinação de duas palavras tradicionais.

“Tchê”, autêntico vocativo gaúcho.
“Terroir”, expressão francesa que retrata o complexo ecosistema da vinha.
Leia-se, Tchê-rro-ir. As duas últimas sílabas com pronuncia no idioma francês (som de “ar”).

A legenda, Consumidor de Vinhos, reforça a origem, humildade e independência pretendida com este blog.

Propósito em compartilhar a paixão pelo vinho, fruto da ambição pelo conhecimento autodidata, fermentados adquiridos com dinheiro próprio, sem influência de cortesias, patrocinadores e facilitadores com fins comerciais. Uma preocupação ideológica para não “turvar” a liberdade  em elogiar ou criticar.

O foco no Tchêrroir é majoritariamente destacar o protagonismo do vinho gaúcho no cenário nacional, o “velho mundo” vitivinícola do Brasil. De conglomerados a pequenos produtores, dentre estes alguns poucos artesãos vinhateiros que de forma crescente vem recebendo destaque no cenário mundial, o que muito tem oportunizado reflexão e fortalecimento do potencial do vinho produzido em nosso solo.

Os vinhos internacionais sem sombra de dúvidas são estandartes da influência e tradição tem espaço respeitoso no
Tchêrroir, contribuem para elevar o nível da discussão e ambição na busca por qualidade e autenticidade.

O lema do bem viver, a identidade Tchêrroir:

“Sou da época em que o capricho é essencial, o detalhe é importante e as coisas são feitas para nutrir a alma.”

Seja bem vindo!

O “time” de colaboradores:

Quem sabe, o legado…

legado

O apoio sensorial…

IMG_7833 (1710 x 1140)

O conselheiro…

vinhos

O currículo…

rolhas