Triângulo de La Liviniere

Mar/17.

Vinhas velhas em solo de marga calcária em Minervois, sul da França. L’Oustal Blanc é uma pequena propriedade de 8 hectares, em La Liviniere, que atualmente é uma AOC emancipada de Minervois devido a contundente qualidade dos vinhos produzidos por lá. O casal Claude Fonquerle e Isabel montaram suas primeira instalações no celeiro da propriedade que estava fechada por 40 anos. A proprietária, a Sr. Blanche, cedeu gentilmente o espaço que futuramente foi negociado com o casal. A cortês retribuição deu-se no nome de L’Oustal Blanc, que significa “casa branca”, homenagem a Blanche. O rótulo da vinícola é representado por um triângulo que simboliza a estabilidade, o objetivo e a determinação que o casal emprega na produção de seus vinhos. No topo do rótulo o redemoinho do tempo, ao fundo o calendário lunar e a mão do viticultor acenando entre os arcos da igreja românica do século XII em La Livinière. “Enquanto Châteauneuf du Pape continua a ser a fonte da minha orientação, a Borgonha é a minha inspiração”, cita Claude. Fundado em 2002, a Domaine L’Oustal Blanc produz menos de 30 mil garrafas/ano que esgotam-se rapidamente. O casal contou com a assessoria do reputado Philippe Cambie de de 2002 à 2007.

naick92

Naïck 9. Domaine L’Oustal Blanc. Naïck é o nome da filha do casal. Vin de Table, não segue as restrições da AOC, produzido com Grenache Gris de um vinhedo de 1948. O nº 9 é a forma subliminar de designar a safra 2009, pois Vin de Table não pode ser safrado. A pureza da fruta e a mineralidade é algo mágico. Pense em Henri Jayer!” cita Isabel ao descrever o Naïck Blanc. O contato com a casca da Grenache Gris ocorre por 30 dias. Na taça apresenta cor amarelo palha transitório para o leve dourado. Textura fluída  com reduzida aderência a taça, leve formação de arcos e lágrimas espaçadas. Nariz mineral recheado de pêra e caju. Na boca começa com um amargor da fruta amarela pouco madura, nozes e raspas de lima. Muita personalidade, caráter sério para um vinho de entrada, um vin de table que esconde por um momento a forte identidade da Grenache Gris que caracteriza-se para resistência ao clima deventos fortes e ambientes quentes e secos. Fundo de boca herbáceo e de damascos, muito sedutor. Harmonizou bem com Paella de frutos do mar, onde 2 + 2 = 4, melhor momento o encaixe com o açafrão e o mexilhão. Os 15º de álcool não está refletido na degustação, percebe-se algum peso mas não é impeditivo de apreciá-lo, decorrente de um calor demasiado que possa aportar ao conjunto. Seu preço flutua entre R$150 a R$180. Muito bom vinho de estilo outside.


AVALIAÇÃO:

4 saca rolha

PREMISSAS:

P3|R5|E5

Conheça nosso Sistema de Avaliação .